Postagens

choro e ninguém vem.
é porque eu sou filha de ninguém.
é uma dor que eu não alcanço significado pra botar aqui no "papel".
não valer a pena pra ninguém dói demais.
não ser amada por ninguém dói demais.








help
me...
por favor...
salve
me.
eu imploro.
eu PRECISO de um abraço verdadeiro e de descanso.


eu tô exausta. . . !
i wish I have a mom.
eu preciso de um lugar segu(te)ro.
é como se eu pudesse falar para aquela pessoa daquele filme que está sozinha e triste e acabada: eu tô aqui, eu te vejo, você não tá sozinha, eu estou olhando pra você, eu não vou a lugar algum.



o dia que não está no calendário nem em ninguém.

não foi nada.
nasceu num dia comum.
não fez barulho algum.
ninguém fez barulho, aliás.
era insuportável amá-la.
nada foi suportado.
ela se tornou uma pessoa insuportável.
com o coração quebrado. sem laços.
não foi amada.
cresceu no escuro.
não foi motivo do riso de ninguém.
não foi amada.
não tinha ninguém.
era um nada vezes nada.
era pedir e falar e gritar e chorar e berrar e o nada respondia.
não foi amada!
cresceu jogada, e que se virasse pra sobreviver.
não faço idéia de como sobreviveu.